News
Loading...

104 anos de Jorge Amado em cinco obras

Por Leina Mara

Se estivesse vivo, Jorge Amado estaria completando hoje 104 anos. Nascido em Itabuna, na Bahia, o escritor é um dos principais nomes da literatura brasileira. 

Em 1961, ele foi eleito para a Academia Brasileira de Letras - ABL, e ganhou prêmio importantes como o Camões (1995), Jabuti (1959 e 1971) e o do Ministério da Cultura (1997). 

Dentre tantas obras escritas, selecionamos cinco livros para você conhecer um pouco mais sobre a literatura de Jorge Amado. 

Foto: Divulgação

Capitães da Areia - 1937
Comovente história sobre meninos pobres que moram num trapiche em Salvador. Teve a primeira edição queimada pelos ditadores. 


Gabriela, Cravo e Canela - 1958
Com sua sensualidade e inocência, Gabriela é desejada por todos os homens da cidade. A história tem como pano de fundo a luta pela modernização de Ilhéus. É um dos livros mais conhecidos de Amado e, na televisão, se transformou em uma das novelas de maior sucesso.


Dona Flor e Seus Dois Maridos - 1967
Um dos livros mais populares de Jorge Amado, já teve sua versão no cinema, teatro e televisão. A história conta sobre a vida de Dona Flor e o casamento com seus dois maridos: o farmacêutico Teodoro e o boêmio Vadinho, seu primeiro marido que já morreu.


Tenda dos Milagres - 1970
Tendo como pano de fundo a discussão das teorias raciais, Jorge Amado compõe uma história viva da cultura popular baiana e discute a reconstrução deturpada criada pelos políticos e intelectuais. A obra é uma demonstração do amor de Jorge Amado pela cultura afro-brasileira.


Tieta do Agreste - 1977
Expulsa pelo pai na adolescência, a fogosa Tieta retorna à Santana do Agreste anos depois e rica. Trazendo modernidade ao lugar, ela ajuda os familiares e amigos, mas, aos poucos, a verdade escondida por trás da riqueza de Tieta começa a ser conhecida.


Não é à toa que Jorge Amado é uma dos principais escritores da nossa literatura e um dos mais conhecidos no exterior. Ter acesso a toda a sua obra é um privilégio. Por isso, aproveitem!
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário