News
Loading...

Resenha: O Homem que viu o infinito!

Por Luci Cara

A música é agradável! As paisagens nos remetem a uma serenidade típica do oriente desconhecido e exótico, com o vai e vem das ondas do mar, seus moradores observando o horizonte e imaginando o que se esconde no além-mar, um território para eles proibido. O Homem que viu o infinito, com a potente voz de Jeremy Irons ao fundo, narra como a sua improvável amizade, a de um professor de Cambridge, com um indiano semi-analfabeto, o transformou profundamente, começa muito bem. Nos faz querer vê-lo inteiro, conhecer o que acontece aos dois durante o tempo em que passam juntos.

Foto: Divulgação

Baseado numa estória real, do matemático da cidade de Madras, sul da Índia, Srinivasa Ramanuja, que tenta em vão ser reconhecido em seu país como um cientista com a ajuda de seus patrões para fazer chegar até a universidade de Cambridge um de seus estudos, onde desperta a atenção do professor Hardy, vivido por Irons, que o "adota" como pupilo. 

Somadas as dificuldades de adaptação ao clima, à comida, à rigidez, ao preconceito, e sempre com saudades de seus entes queridos, ele persiste na busca dessa transmissão de conhecimento, que considera ter adquirido de maneira divina, para desespero de seu amigo ateu. Nada fácil, se somarmos a isso o desencadear de uma guerra... 

Enfim um filme bem dirigido, com ótimos atores, e um bom roteiro, para nos deleitar durante duas horas!
Share on Google Plus

1 comentários :

  1. É um daqueles filmes que nem deveriam sair do papel, tamanha é sua falta de conteúdo, a história é muito emocionante, amei o trabalho de Jeremy Irons. Por certo, ele nos deixa outro projeto de qualidade, de todas as suas filmografias Raça é a que eu mais gostei, acho que deve ser a grande variedade de talentos. Será exibida na TV, a chave do sucesso é o bem que esta contada a historia e a trilha sonora, enfim, um dos meus preferidos.

    ResponderExcluir