News
Loading...

Séries israelenses em alta no Brasil

Por colaboradora: Debora Blair

Aqui vai uma boa pedida para os fãs de séries que desejam variar um pouco, sair daquele padrão “Hollywoodiano”, conhecer as produções de locais diferentes, admirar verdadeiras obras de arte do mercado de séries vindas de países sem muita tradição no meio cinematográfico. Israel, por exemplo, é uma dessas joias escondidas!!! Algumas de suas séries incríveis estão sendo transmitidas atualmente no Brasil desde agosto na TV por assinatura. São eles: “Mossad 101” (TNT Séries), “Dois lados de um conflito”, “Hostages: reféns de um crime”, “O escritor”, “Justiça sem lei” e “Prisioneiros de Guerra” (Mais Globosat). Dentre todos, os que mais me chamaram a atenção foram “Prisioneiros de Guerra” (que por sinal inspirou a bem-sucedida série norte-americana Homeland) e “O Escritor”.

Foto: Divulgação

“Prisioneiros de Guerra” inicia seu enredo com a libertação de dois soldados do exército israelense que estavam presos pelas tropas árabes há 16 anos. Ao retornarem para seus lares, se deparam com os desafios de se readaptarem às suas vidas, lidando com as profundas mudanças que aconteceram em seus ambientes ao mesmo passo que enfrentam seus traumas adquiridos em cativeiro – além da pressão do governo israelense em descobrir o que aconteceu nesses 16 anos que estiveram em poder dos árabes. Sem contar, é claro, as dificuldades (e muitas) de suas famílias de se encaixarem na nova vida com o retorno de alguém que havia deixado um vazio. 

Por sua vez, “O Escritor” narra a história de um homem bem-sucedido na casa dos 40 anos que ganha a vida escrevendo roteiros de ficção para a TV. Porém, após alcançar um determinado status, fama e sucesso financeiro, ele enfrenta uma crise existencial que coloca em xeque todas as áreas da sua vida – profissional, ideológica e até mesmo familiar (o personagem e sua esposa são pais de 3 filhos). Além de focar na crise do protagonista, a história retrata claramente as conturbadas relações entre os povos palestinos e israelenses – afinal de contas, nosso escritor é um palestino vivendo em Israel e pagando o preço diariamente por isso.

Você pode assistir dois episódios seguidos de “Prisioneiros de Guerra” todos os domingos na Globosat (Canal 44 na Net TV e Claro TV, e 544 na Vivo TV)  a partir das 21:30, além de ter todos seus episódios disponibilizados na internet na Globosat Play (para assistir você tem que ser assinante do canal). Já “O Escritor” teve sua primeira temporada transmitida na TV, mas agora só pela Globosat Play. A segunda temporada ainda não foi transmitida. Prepare-se para fortes emoções!!
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário