News
Loading...

A história do espião que espionava a espionagem, em exibição nos cinemas!

Por colaboradora: Débora Blair

“Eu não quero viver em uma sociedade que faz esse tipo de coisas... Eu não quero viver em um mundo em que tudo que eu faço e falo é gravado. Isto não é algo que estou disposto a viver”. Com essa frase, o famoso “agente – ex-agente – espião – traidor –herói – tudoissojunto” Edward Snowden resume sua motivação para tomar as atitudes que causaram tanta polêmica e levantaram questionamentos sobre as agências de inteligência dos Estados Unidos.

Foto: Divulgação

O (antes) comum cidadão norte-americano de 33 anos, ex-agente da CIA (Central Intelligence Agency), trabalhou em empresas privadas de computação, como a Dell e a Booz Allen, como prestador de serviços para a NSA (National Security Agency). Em Maio de 2013, Snowden se reuniu com a cineasta Laura Poitras e representantes do jornal britânico The Guardian para revelar dossiês com informações comprometedoras sobre programas de vigilância da NSA que monitoravam a vida dos cidadãos norte-americanos. Ele vinha coletando esses dados enquanto trabalhador terceirizado da organização. Obviamente, Snowden foi perseguido e fugiu, conseguindo asilo na Rússia, aonde permanece até hoje desde Junho de 2013. O governo norte-americano o acusa de sensacionalista, fantasioso, conspiracionista. Ele, por sua vez, se considera um certo tipo de “mártir”, um líder que teve coragem de se levantar e lutar contra um sistema opressor.

Dentre as muitas produções artísticas em torno da história (livros, documentários, curta-metragens, etc) se destacou o documentário “Citizenfour”, de 2014, produzido pela própria cineasta Laura Poitras. Porém, cá estamos nós na expectativa da produção que deve “roubar” essa posição de destaque do Citizenfour: é o filme “Snowden – Herói ou Traidor”, do premiado diretor cinematográfico Oliver Stone.

Bem, para adiantar, o que sabemos é que o enredo mistura fatos de ficção com realidade (aparentemente, mais realidade do que invenções). E acreditem: Oliver Stone contou com a ajuda do próprio Snowden, que o recebeu na Rússia e compartilhou informações importantes para o filme. Até mesmo a própria NSA deu seus pitacos. O filme promete, não?? Assista o trailer abaixo e corra para o cinema!!

Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário