News
Loading...

Com adaptação para o cinema, livro ficção inglesa estreia no Brasil

Best-seller mundial ganha versão para as telonas e narra como a imaginação de um garoto o ajudou a superar a doença e a morte


Originalmente publicado em 2011, a obra Sete minutos depois da meia-noite, do escritor americano-britânico Patrick Ness, tem estreia prevista nas telonas para o mês de dezembro. O longa inspirado na obra homônima é o lançamento da editora Novo Conceito, e narra a história de Conor O’Malley, um garoto de 13 anos e, apesar da pouca idade, está com muitos problemas na vida.

Com a mãe muito doente, enfrentando tratamentos rigorosos e sem previsão de melhora, Conor encontra-se deslocado de todos a sua volta. Um pai ausente, obrigado a morar com uma avó apática e colegas de escola nada amistosos, complicam ainda mais sua vida.

Além de tudo isso, o garoto tem que lidar com um pesadelo que o faz acordar em desespero todas as noites, pontualmente, às 00h07, pois é nesse horário que um monstro o desperta para contar-lhe histórias sem sentido. Mas, apesar do aspecto sombrio, não é medo que o monstro desperta em Conor, e sim coragem para enfrentar seus temores e encarar algo em seu interior que ele se recusa a ver: a verdade.

 “– Você sabe que não é verdade – disse o monstro – Você sabe que sua verdade, a verdade que você esconde, Conor O”Malley, é o que você mais teme.” p. 33

A adaptação cinematográfica será estrelada por Lewis Macdougall, Sigourney Weaver, Felicity Jones e Liam Neeson, que dá voz ao monstro. O roteiro foi escrito pelo próprio autor Patrick Ness, adaptando sua obra – que por sua vez, foi iniciada pela falecida prematuramente Siobhan Dowd. Sete minutos depois da meia-noite é uma história extraordinária sobre medo, perda e solidão, mas também fala de amor, coragem, compaixão e esperança, essenciais para ultrapassá-los.

SOBRE O AUTOR 

Patrick Ness é o autor best-seller da trilogia Chaos Walking e de A Monster Calls. Aclamado pela crítica, já recebeu diversos prêmios como escritor de ficção para crianças, incluindo duas medalhas Carnegie, no Reino Unido. Já foi colunista do Sunday Telegraph e hoje é crítico literário no The Guardian. Patrick nasceu na Virgínia, nos Estados Unidos, e vive em Londres.
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário