News
Loading...

Grammy Latino 2016: Confira os destaques brasileiros da premiação

Por colaborador Filipe Pavão

Crédito: Divulgação

Ocorrido na última sexta-feira (17), a grande celebração da música latina premiou os cantores que mais se destacaram nos últimos meses. E, claro, não poderia faltar grandes nomes brasileiros nessa 17° edição.

Nas categorias gerais, os grandes vencedores foram Carlos Vives e Shakira, os donos do hit “La Bicicleta”. Eles levaram duas estatuetas para casa, vencendo as categorias de Gravação do Ano e Canção do Ano. A cantora brasileira Céu também recebeu dois prêmios, Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa e Melhor Engenharia de Gravação para um Álbum. Outro brasileiro que venceu em uma categoria geral foi Hamilton de Holanda, pois o seu álbum “Samba de Chico” ganhou como Melhor Álbum de Música Instrumental. 

Nas categorias voltadas às músicas em língua portuguesa, os vencedores foram a Banda Scalene, Ian Ramil, Martinho da Vila, Elza Soares, Paula Fernandes, Almir Sater & Renato Teixeira, Djavan, Anderson Freire, além de Céu já citada anteriormente.

Crédito: Divulgação

Scalene e Ian Ramil dividiram o prêmio de Melhor Álbum de Rock Brasileiro em Língua Portuguesa, pelos CDs “Éter” e “Derivacivilização” respectivamente. Eles concorriam com Boogarins, Jay Vaquer e Versalle.

O Melhor Álbum de Samba/Pagode ficou com Martinho da Vila. Lançado pela Sony Music, o álbum “De Bem Com A Vida” concorria com “Notícias Dum Brasil 4” de Eduardo Gudin, “Tem Mineira No Samba” de Corina Magalhães, “Na Veia” de Rogê & Arlindo Cruz e “Sambas Para Mangueira” com vários interpretes. 

Elza Soares levou a categoria de Melhor Álbum de Música Popular Brasileira com o aclamadíssimo “A Mulher Do Fim Do Mundo”. Ela concorria com Dani Black e seu “Dilúvio”, Roberta Campos e seu “Todo Caminho é Sorte”, Celso Fonseca e o seu “Like Nice” e Roberta Sá e o seu “Delírio”.

Crédito: Divulgação

Paula Fernandes concorria ao Melhor Álbum de Música Sertaneja e levou a estatueta para casa. O seu CD chamado “Amanhecer” disputava com “Bar do Leo” do Leonardo, “Adivinha” de Lucas Lucco, “Baile do Teló” de Michel Teló e “Sóis” de João Victor.

A parceria de Almir Sater e Renato Teixeira rendeu o Melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras com “AR”. Eles concorriam com Lucy Alves & Clã Brasil, Heraldo do Monte, Elba Ramalho e Alceu Valença.

Já o Melhor Álbum Cristão em Português foi para Anderson Freire que lançou “Deus Não Te Rejeita” no início de 2016. Ele concorria com Paulo César Baruk, Ceremonya, Adelso Freire e o favorito Padre Fabio De Melo. 

Djavan foi o brasileiro com mais indicações. Ele concorreu nas categorias Gravação do Ano, Álbum do Ano e Melhor Álbum de Cantor-Compositor, no entanto, ele levou para casa somente a estatueta de Melhor Canção na Língua Portuguesa com a música “Vidas Pra Contar”. Sua canção disputava com “Maria Da Vila Matilde”, interpretada por Elza Soares, “Maior” de Dani Black e Milton Nascimento, “D de Destino” de Almir Sater e Renato Teixeira e o hit “Amei Te Ver” de Tiago Iorc. 

Sophia Abrahão, Celso Fonseca, Moska, Emicida, Anitta, João Donato, Bruno Miranda, Mario Adnet e Antonio Adolfo também foram alguns dos outros brasileiros que representaram o nosso país em pelo menos uma categoria, mas não levaram a estatueta para casa. 

Carlos Vives - Crédito: Divulgação

Síntese dos brasileiros no Grammy Latino 2016:

Nas categorias gerais:
  • Melhor Engenharia de Gravação Para um Álbum: Céu em "Tropix".
  • Melhor Álbum de Música Instrumental: Hamilton de Holanda em "Samba de Chico".
Nas categorias destinadas a música na língua portuguesa:
  • Melhor Álbum de Pop Contemporâneo em Língua Portuguesa: Céu em "Tropix".
  • Melhor Álbum de Rock em Língua Portuguesa: Ian Ramil em "Derivacivilização" e Banda Scalene em "Éter".
  • Melhor Álbum de Samba/Pagode: Martinho da Vila em "De Bem Com a Vida".
  • Melhor Álbum de Música Popular Brasileira: Elza Soares em "A Mulher do Fim do Mundo".
  • Melhor Álbum de Música Sertaneja: Paula Fernandes em "Amanhecer".
  • Melhor Álbum de Música de Raízes Brasileiras: Almir Sater e Renato Teixeira em "AR"
  • Melhor Álbum de Música Cristã em Língua Portuguesa: Anderson Freire em "Deus Não Te Rejeita".
  • Melhor Canção na Língua Portuguesa: Djavan em "Vidas Pra Contar".
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário