News
Loading...

Evanna Lynch, a Luna de Harry Potter, conta em painel como transformou seu maior sonho em realidade

Evanna Lynch, que interpreta Luna Lovegood na série de filmes Harry Potter, se declarou surpresa com a calorosa recepção dos potterheads no Auditório Cinemark. “Vocês sabem que eu não sou uma popstar? Se soubesse que seria assim, teria feito uma canção”, ressaltou.

Foto: Daniel Deak

A atriz, que é fã da franquia de livros e filmes desde os 8 anos de idade, contou que entrar para o elenco foi a realização de um sonho. “Eu era e ainda sou uma fã de carteirinha. Foi um privilégio fazer o teste e ter sido escolhida para interpretar meu personagem favorito. Ver Daniel Radcliffe (que interpreta Harry Potter), conversar com ele e ele me responder foi muito estranho e mágico”. Crescer no ambiente dos filmes de Harry Potter foi algo transformador para a atriz, mas também motivo de muito nervosismo, principalmente no início dos trabalhos. “Dava até vontade de ficar de fora para não estragar a magia que ei tinha construído sobe aquelas pessoas. Na verdade, eu tentava não estragar tudo e ser demitida”, contou.

Evanna não citou nenhuma fórmula mágica para quem quer ser atriz/ator e fazer parte do universo que ama, mas deu algumas dicas. “Esforce-se muito, leia bastante e esteja envolvida nas histórias. A indústria do cinema não é tão legal quanto aparenta, é preciso lembrar que você é um artista, e ficar perto de pessoas que acreditam em você”.

O que chama a atenção na história da atriz são as semelhanças que ela guarda com a personagem – traços como o amor por animais e um certo “avoamento” entre as principais. Mas Evanna afirma que Luna continua a lhe ensinar com se sentir mais segura de si mesma. “Hoje em dia, Luna estaria provando que Hermione não está certa o tempo todo, sendo louquinha do jeito dela e acreditando no impossível. A Luna não tinha vergonha disso, é ainda é uma inspiração pra mim”.

Mesmo acompanhando outras séries (ela é fã de Game of Thrones na TV e Artemis Fowl nos livros), a ligação de Evanna com o mundo mágico é visível. “Quando Dumbledore morreu, chorei mais do que quando meus avós faleceram. Quis desistir dos livros! A história de Snape também é muito tocante, ele que faz o maior sacrifício” ressalta. Sobre a possibilidade de retorno ao universo mágico de J. K. Rowling nos cinemas – de volta com Animais Fantásticos e Onde Habitam –, Evanna é direta: “Voltaria com 100% de certeza! Só tenho que comprar creme para rugas para não parecer tão velha”, riu.
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário