News
Loading...

Pabllo Vittar a mais nova VADIA do pedaço!

O ano de 2017 promete ser todinho dela. Assim como o prometido, Vittar liberou o videoclipe para “Todo Dia“, o segundo trabalho oficial do disco “Vai Passar Mal“

Por Rodrigo Medeiros 

O Ano promete ser dela, depois do sucesso no programa AMOR e SEXO da Rede Globo, Pablo Vittar, anova aposta da música POP, chegou com tudo!

Foto: Divulgação

Famosa pelo hit “Open bar”, uma versão em português, de “Lean on”, do Major Lazer, a Drag Queen de 23 anos foi apontada pelo jornal O Globo como uma das grandes apostas deste ano para bater de frente com Anitta e Ludmilla. Natural de Santa Inês, interior do Maranhão, a artista acaba de lançar o álbum “Vai passar Mal”, disco com composições próprias, com produção de Rodrigo Gorky e colaboração do produtor norte-americano Diplo, que já trabalhou em projetos de Beyoncé, Madonna, Shakira, Sia, Britney Spears, entre outras divas da música. 

O álbum tem uma proposta de apresentar uma diversidade musical, com ritmos que vão do funk, passam pelo samba, arrocha, hip-hop com uma pegada indie e de teckno brega.

Com nome de batismo Phabullo Rodrigues da Silva, a cantora foi apresentada como a nova vocalista de “Amor & Sexo” em substituição a Léo Jaime aonde ganhou uma projeção no cenário POP nacional. Parcerias de Mateus Carrilho (da Banda Uó), Rico Dalasam, Laura Taylor e Rodrigo Gorky (ambos do Bonde do Rolê, sendo esse segundo produtor de todas as faixas do disco junto com Maffalda), Lia Clark e ninguém menos que Diplo, compõem o CD, que é uma mistura envolvente de muitos ritmos do brasil aonde, ousados, os produtores mesclaram até forró e reggae.

O mais novo  clipe de seu novo single “Todo Dia” que conta com a participação do rapper Rico Dalasam, acaba de ser lançado e com uma proposta simples em bacana, fazendo referência ao carnaval e a quarta-feira de cinzas.

Falando sobre serem donos de seus corpos, Pabllo e Rico dão um tapa na cara de quem acha que os gays e as drag queens tem que se manter dentro do armário ou curtindo a vida fora dos holofotes, escondidos. Para quem vive essa realidade, o refrão “Eu não espero o carnaval chegar para ser vadia, sou todo dia!” com certeza é’de arrepiar. Na batida, Pabllo e Rico misturam elementos do funk com um tamborzão característicos dos sons do MC.

O clipe foi produzido pelo Estúdio Farândola com a direção geral de Guilherme Batista e Fabrício Sassioto, direção de fotografia de João Magalhães. Em algum momento deste ano você vai dançar uma das músicas de Vittar. Assista ao clipe!

Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário