News
Loading...

Carnaval 2017: Portela é campeã após 33 anos de espera

Por colaborador: Filipe Pavão

A escola de Oswaldo Cruz e Madureira só comemorou o título de campeã do carnaval carioca de 2017 no quesito de Enredo, o último da apuração que ocorreu no Sambódromo na tarde desta quarta (01).

Foto: Divulgação

Nesse ano marcado por acidentes na Sapucaí, a escola trouxe o enredo “Foi um Rio que passou em minha vida e meu coração deixou levar”, fazendo alusão à música de Paulinho da Viola, além de abordar os mais variados rios do mundo. 

A agremiação de tia Surica e companhia fez um desfile impecável, sem erros. Os destaques ficaram por conta das belas alegorias que levaram nota 10, principalmente a que retratava o desastre ambiental de Mariana que poluiu o Rio Doce em 2016. Além disso, a ala dos jacarés e a bateria também foram muito elogiadas. 

Esse é o 4° título da carreira do carnavalesco Paulo Barros no grupo de elite das escolas de samba. Ele que ganhou em 2010, 2012 e 2014 pela Unidos da Tijuca, agora, faz história na azul e branco do subúrbio carioca.

Foto: Divulgação

Já a vice-campeã do carnaval carioca é a Mocidade Independente de Padre Miguel. A escola levou ao público a história do Marrocos e será lembrada por um desfile inovador e tecnológico. Seu ponto alto foi a comissão de frente que apresentou o Aladim voando em seu tapete.

Nenhuma escola foi rebaixada devido aos tristes acidentes que ocorreram com os carros alegóricos da Paraíso do Tuiuti e Unidos da Tijuca. Confira agora a classificação final:

1° Portela
2° Mocidade
3° Salgueiro
4° Mangueira
5° Grande Rio
6° Beija Flor
7° Imperatriz
8° União da Ilha
9° São Clemente
10° Vila Isabel
11° Unidos da Tijuca
12° Paraíso do Tuiuti
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário