News
Loading...

Festa da Francofonia acontece em São Paulo

Por colaboradora: Débora Blair

São Paulo celebra a cultura dos países de língua francesa (francófonos) através da Festa da Francofonia. Embora o evento oficialmente termine no próximo sábado (08/04), alguns espetáculos e exposições ficam em cartaz por mais tempo. A programação abrange diversos campos da cultura e entretenimento – parte das atrações com entrada gratuita. Confira abaixo tudo que ainda está em cartaz e aproveite!

Foto: Divulgação

TEATRO – “Tardieu: Uma peça por outra” – Até 31/05

Em cartaz no teatro da Aliança Francesa, a peça de autoria do grande dramaturgo francês Jean Tardieu (1903 – 1995) é um conjunto de esquetes que retratam as convenções teatrais e as comunicações modernas em geral de forma crítica e engraçada. 

Teatro Aliança Francesa – Rua General Jardim, 182 – Vila Buarque (próximo à estação República do metrô). Quita, sexta e sábado:  20h30; domingo: 19h. Ingresso: Quinta e sexta R$20,00, sábado e domingo R$ 50,00. Compra na bilheteria local. 

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA – “Kabadio – Ritos e Rituais: memórias de uma aldeia no sul do Senegal” – Até 29/04

O fotojornalista independente Fellipe Abreu exibe na Galeria Faria Lima o seu trabalho fotográfico na aldeia Kabadio, uma pequena e peculiar vila ao sul do Senegal, oeste do continente africano. O sufismo, vertente mística do Islamismo, é praticado por cerca de 95% dos moradores da aldeia. Fellipe Abreu acompanhou de perto por um mês o cotidiano do povo de Kabadio e agora expõe seus registros no festival francês.

Galeria da Aliança Francesa Faria Lima – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2421 – Pinheiros. Horário: visitação de segunda a sexta das 9h às 21h, Sábados das 9h às 13h; fechado domingo e feriados. Ingresso gratuito.

EXPOSIÇÃO LITERÁRIA – “Exposição temática da Francofonia: Biblioteca Multimídia Claudie Monteil” – Até 08/04

A Biblioteca localizada na República exibe todo o material de seu acervo relacionado à língua e à cultura francesa.

Biblioteca Claudie Montiel – Rua General Jardim, 182 – Vila Buarque – próximo à estação República do metrô. Horário: Segunda a sexta das 9h às 20h, sábado das 8h30 às 13h. Ingresso gratuito.

CINEMA – “Mostra de Cinema da Francofonia: Francofonia e Migrações

O tema “Francofonia e Migrações” é abordado na Mostra de Cinema através de filmes que ajudam a entender os fluxos migratórios dentro de um conjunto de países que falam a mesma língua (no caso, o francês) e como é possível um único idioma abrigar uma imensa diversidade cultural. 

A mostra está sendo sediada no SESC VILA MARIANA – Rua Pelotas, 141 – Vila Mariana (próximo à estação de metrô Ana Rosa). Entrada gratuita, retirada do ingresso no local com 1h de antecedência.

Confira as produções ainda em exibição: 

·COR DA PELE: MEL (Bélgica e França, 2012) – Mistura de animação e documentário, o filme relata a autobiografia do cineasta Laurent Boileau Jung: um menino sul-coreano adotado por uma família belga. Sessão dia 06/04, quinta, 20h.

·MONTRÉAL, CIDADE BRANCA (Canadá, 2015) – O longa conta a história de dois argelinos muçulmanos residentes em Quebec, Canadá, ao terem seus destinos cruzados em noite de Natal – que, coincidentemente, caiu em pleno mês de Ramadã (a “quaresma” muçulmana). A Argélia ganha destaque, então, através da história desses dois imigrantes islâmicos em terras ocidentais francófonas. Sessão dia 07/04, sexta, 20h.

·OS LOBOS (Canadá, 2014) – A aparição inesperada e misteriosa de uma jovem em uma comunidade de caçadores no Atlântico Norte muda a vida de seus residentes. Aparentemente sem origem e sem destino, a história de Ellie ressalta a necessidade do ser humano de pertencer a algum lugar. Sessão dia 08/04, sábado, 14h.

·DO OUTRO LADO DO MAR (Suíça, 2015) – Um albanês ex-fotógrafo de guerras reside na Itália, aonde encontra abrigo do mundo bélico ao qual não quer mais pertencer. Ao retornar à Albânia para fazer sua última fotografia de guerra, seu caminho cruza com o de uma jovem em fuga de seus familiares, e ambos seguem sua jornada juntos com destino a terras longínquas. Sessão dia 07/04, sexta, 16h.

·NÃO ASSISTÊNCIA (Suíça, 2016) – O documentário retrata a atual crise migratória dos povos oprimidos do Oriente Médio em direção aos países europeus. Em uma postura de não-assistência tomada pelos governos europeus, cidadãos comuns abrem caminhos para os refugiados, abrigando-os e assistindo-os da forma como podem. Sessão dia 08/04, sábado, 11h. 
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário