News
Loading...

Resenha: Todas as manhãs do mundo

Por colaboradora Luci Cara

O cinegrafista Lawrence Wabba é um excelente documentarista. Tem anos de experiência em expedições ao redor do mundo, estudou muito, faz um trabalho magnífico, por ser didático, por criar lindas imagens, por ser dedicado. 

Se ele , teoricamente, fez um filme, devemos esperar algo diferente , certo ?

Não é o que ocorre. O filme é uma mistura das narrativas da Água (Letícia Sabatella) e do Sol (Ailton Graça) sobre locais escolhidos para demonstrarem o quanto a nossa natureza é bela.

Crédito: Divulgação

Se a proposta fosse apenas documental, sem essa narrativa infantilizada , a meu ver seria melhor. 

As imagens são belíssimas, valem a pena. Eu particularmente adorei a Baja California, com as raias jamantas e o tubarão baleia. É um deslumbramento poder ver esses animais na tela grande do cinema, ao invés da televisão. 

Crédito: Divulgação

Um prato cheio para quem é espectador de programas da BBC que passam na TV Cultura, e dos canais Discovery, Animal Planet, Natgeo. Infelizmente, essas pessoas já são poucas , e o filme não deve ser um grande sucesso de público como mereceria , pelo "conjunto da obra" desse profissional. Assista ao trailer, aqui.
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário