News
Loading...

Alessandra Maestrini levou seu Drama ‘N Jazz à Niterói

Por colaborador Filipe Pavão

“Aqui tem um pouco de tudo". Assim, a cantora e atriz Alessandra Maestrini definiu o show “Drama ‘N Jazz” após saldar o público que estava presente em seu espetáculo no Teatro Municipal de Niterói na última quarta-feira (27).

 
Reprodução / Internet
  
A afirmação da cantora se concretizou ao longo do show, pois é um espetáculo que vai do jazz ao pop, da MPB ao rock. No bis, Alessandra ainda misturou ópera com bossa, uma sugestão de Nelson Motta. O concerto teve um pouco mais de 1 hora de duração e músicas que vão desde clássicos internacionais do Soul e Jazz até canções autorais ou que divide autoria como em “Se vacilar”, pop composto em parceria com Ana Carolina e Torcuato Mariano.

Alessandra iniciou a apresentação com “Help the poor” (B. B. King). Ao decorrer do show, ela cantou também “Deixa estar” (Tim Maia), “I feel good” (James Brown), “Que sorte tenho eu” (“How lucky can you get” de Kender & Ebb), além de “I love you”, versão própria da música de Chico Buarque e Tom Jobim cantada originalmente em português. “Onde” e o poema “Pretérito Imperfeito ou Semibreve” são os destaques autorais do espetáculo.

Em “True Colors” (Billy Steinberg / Tom Kelly), ela chamou atenção ao dedicar a música, ironicamente, a Marcos Feliciano e Jair Bolsonaro, nomes que representam o retrocesso e preconceito a diversidade. Outro momento de maior interação com a plateia foi durante a música “Trust Me” (Janis Joplin), trilha sonora da novela Tempos Modernos, da Rede Globo. Nessa canção, Alessandra foi acompanhada somente pelo violão e palmas do público.

A cantora que carrega uma dramaticidade na voz, advinda de sua longa experiência na televisão e em musicais, interpreta as canções, imprimindo personalidade nelas. Além disso, mostra domínio do palco e do público. Em um determinado momento do show, ela desceu do palco e cantou bem perto dos seus espectadores e soube contornar o problema de som que ocorreu, tirando risos da plateia.

 
Foto: Pedro Jardim

Em “Drama ‘N Jazz”, Alessandra Maestrini é acompanhada pelo maestro João Carlos Coutinho, que dirige musicalmente o espetáculo, além dos músicos Romulo Gomes, João Castilho e Xande Figueiredo. Já a direção geral é de Gringo Cardia, responsável pelo belo cenário do espetáculo.

Alessandra Maestrini seguirá as comemorações dos seus 20 anos de carreira. No próximo dia 5 de maio, ela levará seu “Drama ‘N Jazz” ao palco do teatro Oi Casa Grande, localizado no Leblon, zona sul do Rio de Janeiro. Já nos dias 6 e 7, ela apresentará “YENTL em Concerto”, também no teatro Oi Casa Grande.
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário