News
Loading...

Suingue, simpatia e malandragem, Luiz Melodia falece aos 66 anos de idade

Por colaborador Filipe Pavão

O cantor e compositor Luiz Melodia faleceu no início da manhã de ontem, 04 de agosto, no Rio de Janeiro. Ele estava internado desde a última segunda devido a um câncer na medula óssea que enfrentava desde o ano passado.

Foto: Reprodução/ Internet

Luiz Carlos dos Santos herdou o apelido do pai e ficou conhecido como Luiz Melodia. Ícone do morro de São Carlos, no Estácio, ele era a cara do Rio de Janeiro. Nasceu em 1963 e aprendeu com o pai os primeiros acordes. A partir desse momento, a paixão pela música o levou até o reconhecimento nacional. Melodia misturava em suas letras o samba e o blues, carregando uma musicalidade ímpar.

Ao longo dos 46 anos de carreira, realizou parcerias com diversos artistas como Gal Costa, Elza Soares, Maria Bethânia, Cássia Eller, Ana Carolina, Seu Jorge e muitos outros. Chamado Pérola Negra, o seu primeiro CD foi lançado em 1973 após o sucesso de duas composições suas interpretadas por vozes de grandes cantoras da MPB. Gal Costa gravou Pérola Negra e Maria Bethânia interpretou Estácio, Holy Estácio. Esse disco foi aclamado pela crítica e o levou a destaque nacional.

O disco Zerima lançado em 2014 foi o seu último álbum e o fez receber o prêmio de Melhor Cantor na Categoria MPB do Prêmio da Música Popular Brasileira. Melodia carregava a voz dos morros cariocas, o orgulho de ser da escola de samba Estácio de Sá. Assim como a sua música, ele vai ficar no coração do Brasil.

Confira a interpretação de Luiz Melodia na música “Juventude Transviada”, um dos seus grandes sucessos, com a Orquestra Sinfônica de Minas Gerais em 2015.

Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário