News
Loading...

Entrevista Projeto #Elenco60: Rodrigo Naice

Conheça um pouco mais do elenco do musical 60!, Década de Arromba - Doc. Musical, através de entrevistas semanais. Esta semana, saiba mais sobre o ator Rodrigo Naice

Por Leina Mara

Divulgação/60! Doc. Musical

Após uma temporada de sucesso no Rio de Janeiro, em 2016, "60! Década de Arromba - Doc.Musical" repete o feito também em São Paulo, com temporada prorrogada no Theatro Net São Paulo.

Estrelado pela representante maior da Jovem Guarda, a cantora Wanderléa, o espetáculo é dirigido  por Frederico Reder, com roteiro e pesquisa de Marcos Nauer. 

"60! Década de Arromba - Doc. Musical" utiliza ferramentas de documentário (fotos, vídeos e depoimentos reais), somadas a cenas, textos e canções apresentadas ao vivo por 24 atores/cantores /bailarinos para contar a história da década de 1960.

No intuito de apresentar ao público um pouco mais sobre o elenco, divulgamos um especial semanal de entrevistas com os atores. Esta semana o AC entrevista com ator e cantor Rodrigo Naice

Foto/Divulgação

AC: Conte-nos um pouco mais sobre o inicio de sua carreira e trajetória no teatro musical?

RN:  Me formei em 2009 na Escola técnica de interpretação do SATED RJ, dirigida por Cico Caseira. Sou ator, cantor e aluno de Bacharelado em Atuação cênica da UNIRIO. Realizei trabalhos de preparação vocal com as professoras Esther Elias, Mirna Rubim e Doreana Mendes. Em 2011 e 2012 participei dos espetáculos: "Tommy - A ópera Rock" (Capitão Walker), "A Falecida" (Toninho) de  Nelson Rodrigues e "Spamalot" (Sir Bedevere), todos com direção de Rubens Lima Jr. Em 2013 e 2014 fiz parte do elenco do Parque Beto Carrero World em Santa Catarina, no qual protagonizei o musical "O Sonho do Cowboy", com direção de Maicon Clenk e Tim Rescala, e no espetáculo da Dream Works Animation "Madagascar Circus Show", com direção de Fred Mayrink. 

Em 2015 e 2016 participei do elenco dos espetáculos da fundação Cesgranrio e da casa de cultura Julieta de Serpa. Ainda em 2016 protagonizei "O mambembe" de Arthur Azevedo, onde fui indicado ao prêmio Botequim Cultural como Melhor Ator em teatro musical. Atualmente faço parte do elenco do musical "60! Década de arromba", protagonizado por Wanderléa e com direção de Frederico Reder e estou no elenco do musical infantil Alice no Pais do Iê Iê Iê de Carla Candiotto. 


Como Protagonista do musical "O Sonho do Cowboy" no Beto Carrero World

AC: Que artistas te inspiraram a seguir a carreira de ator ? Existe algum papel que ainda almeja interpretar?

RN: Meryl Streep, Hugh Jackman, Selton Mello e Tatá Werneck. Mesmo que já tenha acontecido no Brasil. AMARIA ser o Shrek!

No musical "O Mambembe" de Arthur Azevedo, onde foi indicado ao prêmio Botequim Cultural como Melhor Ator em teatro musical

AC: Como foi o seu processo para 60! Década de Arromba - Doc. Musical? 

RN: Foi um processo muito enriquecedor como artista criador. Ter podido criar e sugerir todos os quadros que participo no espetáculo foi uma experiência única. Foram ensaios exaustivos, porém de muito aproveitamento. Aprendi muito com todo o elenco, com a direção e levarei lições para toda minha vida profissional.


Em cena como Vovô no musical infantil Alice, no Pais do Iê Iê Iê em cartaz no Theatro NET São Paulo. 

AC: Qual sua parte favorita no musical? Por quê? 

RN: A cena de intervalo com as Freiras. A parceria com o Tauã e o carinho com nossa Kiara e Sara tornam essa cena muito especial pra mim.

Em cena em seu solo “Será Que Sou Feia” em 60! Década de Arromba Doc Musical

AC: Qual a sensação de trabalhar ao lado de Wanderléa? 

RN: Um eterno aprendizado! É incrível como ela sempre está feliz, enérgica, plena em cada momento do espetáculo. São momentos de carinho e troca que guardarei para sempre no meu coração.

AC: Quais seus planos futuros? 

RN: Que o Multishow me descubra logo e me dê um programa na grade deles.. hahahaha, brincadeira! Pretendo continuar nos palcos.. cantando, atuando, fazendo as pessoas rirem.. sigo assim feliz enquanto der e puder!

Foto: Arquivo Pessoal

Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário