News
Loading...

Livro-imagem convida o leitor a brincar de esconder com os personagens

Na obra o premiado autor e ilustrador infanto-juvenil Jean-Claude Alphen cria um curioso jogo narrativo, misturando uma série de recursos visuais

Por Redação

Atrás de um arbusto, uma menina assiste a um curioso desfile de animais selvagens: zebras, girafas, rinoceronte, guepardo... Mas o que à primeira vista parece a savana africana, logo se revela um jogo divertido de esconde-esconde entre duas crianças e um cachorro.

Divulgação

Nesse livro-imagem do consagrado autor e ilustrador Jean-Claude Alphen a imaginação é a protagonista. A ausência de palavras e o conjunto inusitado de ilustrações (que embaralham as fronteiras entre realidade e fantasia) fazem de Escondida um convite para contemplar, refletir, desvendar e, por que não, recriar as impressionantes cenas de espera, observação e movimento que surgem, página a página.

Vários recursos narrativos visuais se combinam para criar uma atmosfera de investigação e atenção constantes: a escolha de cores frias e quentes para delimitar realidade e fantasia; os espaços em branco para acentuar contrastes; a proximidade irreal entre selva e cidade; a grandiosidade dos animais, vistos de vários ângulos; o incessante movimento de ocultação e revelação.


Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário