News
Loading...

Espaço Cultural Porto Seguro apresenta a exposição Tempo presente

Tomie Ohtake, Nazareno e Laura Belém são alguns dos autores das instalações da nova mostra que convida o público a interagir

Por Andréia Bueno

Leandro Lima e Gisela Motta: Espera

Os arcos de Tomie Ohtake, inertes, parecem pedir por alguma ação. Em contato com um público disposto a experimentar e participar, a criação da consagrada artista transforma obra e espectadores em um único corpo, num único tempo. Os arcos assumem o movimento que já se pressentia em suas formas e realizam sua condição intrínseca e paradoxal de esculturas em constante transformação.

Esse convite à interatividade é justamente um dos objetivos de Amanda Dafoe e Rodrigo Villela, curadores de Tempo presente, mostra em cartaz no Espaço Cultural Porto Seguro de 1º de novembro a 17 de dezembro de 2017 com entrada gratuita.

O nome da mostra foi inspirado no poema Mãos dadas, de Carlos Drummond de Andrade. Drummond, especialmente em dois trechos desse belíssimo poema, parece se voltar para os temas do convívio e participação como fatores essenciais a qualquer proposição, seja estética ou o que for: ´O presente é tão grande, não nos afastemos / Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas', e ´O tempo é a minha matéria, o tempo presente, os homens presentes / A vida presente´, afirma Rodrigo.

Foto: Divulgação

Para a empreitada, sete artistas nacionais foram selecionados a expor suas instalações em diferentes ambientes. Os arcos de Tomie Ohtake, mencionados acima, dividem espaço com Espera, de Leandro Lima e Gisela Motta, no piso térreo. Ali, a videoinstalação usa dois bancos para projetar as sombras de um casal que nunca estará junto, mas que vive a expectativa do encontro. O rito se repete: ora é a sombra dele que vem, senta-se, espera, levanta e vai embora; ora é a dela que repete o mesmo percurso físico-afetivo. Evocativas, as sombras são verdadeiras presenças de uma ausência. Entre as inúmeras referências e camadas interpretativas, fazem lembrar um dos mitos ocidentais da origem do desenho, em que uma jovem apaixonada risca na parede o contorno da sombra projetada do amado que se preparava para ir à guerra. Os mesmos bancos também convidam o público a se sentar e contemplar a obra "de dentro".

A exposição contará ainda com uma programação pública, com debates, oficinas e cursos ministrados pelos artistas, com a participação de críticos. Mais uma vez, o objetivo é possibilitar que o público interessado possa explorar transversalmente os temas relativos à exposição.

Parceria com o MuBE

A exposição Tempo presente ganha também extensão para além dos limites do Espaço Cultural Porto Seguro. Dois dos arcos de Tomie Ohtake estarão expostos nos jardins do Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia (MuBE). A parceria integra o Portas Abertas, programa do museu que nasce com o intuito de estreitar a relação da instituição com a paisagem do seu entorno e com os demais espaços culturais da cidade, promovendo o intercâmbio de experiências artísticas e a formação de redes colaborativas. Além do ECPS, a vizinha Fundação Ema Klabin também participa da iniciativa.


Serviço

Tempo presente
Vernissage: 31 de outubro, às 19h
Período de exposição: de 1º de novembro a 17 de dezembro
De segunda a sábado das 10h às 19h, domingo das 12h às 19h
Entrada gratuita

Espaço Cultural Porto Seguro
Alameda Barão de Piracicaba, 610. Campos Elíseos
Telefone: (11) 3226-7361
Capacidade: 300 pessoas.
Bilheteria: terça a sábado 10h às 19h. Domingo das 10h às 17h.
Acessibilidade: O edifício é acessível para pessoas com mobilidade reduzida. 
A exposição oferece atendimento especial na visitação com mediadores bilíngues em inglês, espanhol e libras mediante agendamento prévio.
Agendamento para visitas em grupo
educativo@espacoculturalportoseguro.com.br

Estacionamento: Alameda Barão de Piracicaba, 634 (sede Porto Seguro) – De Segunda a sexta-feira até 1h30 gratuito (1ª, 2ª e 3ª hora adicional R$ 10,00 a hora. 

Serviço de vans: O Complexo Cultural Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro Porto Seguro e do Espaço Cultural Porto Seguro. 
Como Pegar: na Estação Luz, na saída Rua José Paulino / Praça da Luz / Pinacoteca. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (11) 3226-7361. Horário de funcionamento do serviço de vans: Terça a sábado das 9h à 0h. Domingo das 9h às 22h.

Restaurante Gemma – Aberto todos os dias, acompanhando o horário de funcionamento do Espaço Cultural Porto Seguro.

Facebook.com/EspacoCulturalPortoSeguro
Instagram @EspacoCulturalPortoSeguro
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário