News
Loading...

Renato Russo: 21 anos de saudades e um legado

Por Nicole Gomez

Renato Manfredini Júnior, ou simplesmente Renato Russo, deixou uma marca importantíssima na história da música. Junto com o Legião Urbana, lotou casas de shows e até grandes estádios, mas Renato foi bem mais do que isso.

Foto: Divulgação

Você sabia que ele foi professor de inglês e chegou a saudar o Príncipe Charles, durante sua passagem pelo Brasil na inauguração do Cultura Inglesa, onde ele trabalhava? Renato era muito procurado por pais de alunos, pois era reconhecido como um grande professor.

Responsável pela formação do Aborto Elétrico, levantou multidões com canções como “Fátima” e “Que país é esse?”, que até hoje são executadas por diversas outras bandas como forma de homenagem a este grande artista. Entre suas composições de sucesso, estão “Tempo Perdido”, a icônica “Faroeste Caboclo”, entre outras. Com o Legião Urbana, Renato deixou sua marca definitiva no coração de fãs pelo Brasil inteiro, que chegaram a adorar a banda e trata-lo como um Deus. 

No dia 11 de outubro de 1996, infelizmente esta linda voz se calou, nos deixando em definitivo em decorrência das complicações causadas pela AIDS, deixando também um filho, Giuliano Manfredini. Porém, antes de morrer, Renato ainda nos presenteou com um álbum carregado de muita emoção, intitulado A Tempestade”. Nele, Renato, já com a voz bem debilitada, nos deixa perceber, de maneira sutil sobre a crueldade desta doença. Renato faleceu 21 dias após o lançamento deste álbum. 

Renato Manfredini Júnior é até hoje lembrado com muito carinho e respeito por parte de fãs e artistas. Sua importância além do Legião, como grande compositor, é inegável. Hoje, 21 anos após a morte, sua presença é ainda muito forte em inspirações, referências e até em suas letras, que são constantemente reproduzidas. 

Nada melhor do que, neste dia, exaltar todo o seu talento, não é verdade? Vamos curtir algumas de suas melhores performances!

Tempo Perdido

Índios

Que País é esse?
Share on Google Plus

1 comentários :

  1. Letrista dos letristas.
    Poeta dos poetas.
    A maior das maiores.
    A melhor das melhores.
    Urbana Legio Omnia Vincit. Força Sempre.
    Escreveu todas as letras sozinho essa foi a grande cartada, sem palavras, valeu. Wagner Urbana Legio Omnia Vincit. Força Sempre.
    Obs: O instrumental não importa poderia fazer com quem quisesse.

    ResponderExcluir