News
Loading...

Resenha: Gaga: Five Foot Two

Por colaborador Jurandir Vicari

Disponível desde o dia 22 de setembro na Netflix o documentário Gaga: Five Foot Two, apresenta a intimidade da Superstar: Lady Gaga.


A cantora, atriz, musicista e performance prometia escancarar sua vida de forma nua e crua e na maior parte do filme consegue atingir esse objetivo, com exceção de poucas cenas onde ela parece estar lendo um roteiro.

Não é necessariamente um filme para fãs! Eu mesmo confesso, que não sou um fã, ou não era depois desse documentário, ela conseguiu meu total respeito. Eu só amava a música: Born This Way, o hino de aceitação perfeito, apesar de achar bem semelhante com Express Yourself da Madonna. E falando na cantora vanguardista, Madonna é citada no documentário e é uma pena que tenha uma certa rixa entre elas no melhor estilo. Queria saber porque a mídia cria rixas entre as artistas femininas? Lady Gaga x Madonna, Katy Perry x Taylor Swift e até mesmo Ivete Sangalo x Claudinha Leitte, mas essa analise fica pra outro texto.

Foto: Reprodução/Youtube

Sempre vi o nome da Lady Gaga ligado a polêmica, seja usando vestido de carne ou por não poder ter vindo ao Rock in Rio 2017. E essa última polêmica fica bem explicado ao mostrar a frágil mulher que sofre com a solidão e a fibromialgia. Me levando a ter uma empatia com ela, ao ver o seu lado humano.

Outros pontos que me chamou a atenção foi ela lutar pela valorização da família. A valorização da amizade. Combate ao sexismo da indústria fonográfica ou até mesmo na vida real.

No documentário eu consegui ver e respeitar que a excelente performer pode ser de carne e osso, tudo isso graças ao brilhante do documentarista Chris Moukarbel, que consegue mostrar a essência de Stefani Joanne Angelina Germanotta, o nome verdadeiro da Lady Gaga.

Infelizmente, a narrativa se limita a contar sua trajetória apenas do lançamento do álbum Joanne, o quinto de sua carreira, até seu mítico show no intervalo do Superbowl, um dos maiores eventos americanos e com alguns "flashbacks" de outros momentos marcantes de sua carreira.

Fiquei impactado com a rotina estressante e com a auto cobrança que a perfeccionista cantora tem consigo mesma.

Após assistir tenho certeza que vai mudar a sua forma de ver a Stefani além das "pokerfaces", perucas e vestidos de Muppets  e descobrir que existem MILHÕES DE RAZÕES para amá-la ou pelo menos respeitá-la. Devo admitir que virei FÃ!!!

Share on Google Plus

1 comentários :

  1. Ela é uma artista incrível, confesso que me deu saudades da época que ela andava com roupas extravagantes rs, cada aparição dela era um evento marcante. Mas feliz em ela mostrar que evoluiu, em mostrar o lado humano dela. Recomendo a todos assistirem!

    ResponderExcluir