News
Loading...

U2: Uma banda, uma filosofia de vida

Por Nicole Gomez

Quem de nós nunca ouviu falar na banda irlandesa U2? Em maior ou menor escala, sendo daqueles fãs que vão a todos os shows, ou somente ouvindo falar e acompanhando as notícias mais importantes que saem na mídia, uma coisa é certa: todos nós conhecemos e temos pelo menos uma música preferida.

Foto: Site Oficial

Não raramente, vemos principalmente o vocalista Bono envolvido em muitas causas sociais e humanitárias. Frequentemente, o cantor encontra-se com autoridades políticas de diversos países, inclusive o Brasil, para saber mais sobre os problemas de cada local e eventualmente, ajudar, seja efetivamente, ou simplesmente com sua influência de chamar a atenção de todo o mundo. A realização de shows beneficentes para diversas causas também são parte da rotina da banda.

Mas o que é interessante de se observar, não só às vésperas de shows tão perto, é como os fãs ao redor do mundo se comportam. Naturalmente, um acaba ajudando o outro em suas particularidades. Um exemplo foi a compra de ingressos, que aconteceu no início do ano. Após dificuldades naturais, por consequência da enorme demanda de ingressos, deixando muitos sem ingressos num primeiro momento, a ideia de um fã mudou tudo: por que não, quem já havia garantido ingresso (e até mesmo quem não poderia ir ou não havia sido contemplado), entrar na fila virtual de espera e conseguir senhas uns para os outros?

Foi exatamente o que aconteceu. Resultado: a partir disso, muitos acabaram saindo vencedores dessa batalha que todo fã conhece muito bem, e estão indo aos shows felizes e realizados.

Certamente, essa postura é reflexo do que a banda passa. É comum ouvirmos relatos de pessoas que se conhecem nas filas de shows e nos fóruns de discussão, sabermos de histórias realmente de vida, onde a banda mudou toda a situação com suas mensagens de otimismo e fé.

Foto: Danny North

A banda também tem costume de recompensar esses fãs tão dedicados. Fora do Brasil, já realizaram shows em pleno Natal nas ruas de Dublin, cidade natal deles. Aqui no Brasil, desta vez, já aconteceram coisas como a “visita” de Bono à fila do primeiro show, onde ele tirou fotos e atendeu a uma boa parte das pessoas presentes, com muito carinho. Além dele, Adam Clayton também atendeu quem esteve na porta do hotel onde está hospedado. A banda, que esteve na Rede Globo de São Paulo para algumas gravações, também encontrou alguns fãs na porta da emissora. Os relatos após os encontros são diversos e emocionantes.

A banda, mais do que simplesmente cantar seus sucessos, passa uma valiosa mensagem a todos que os seguem, não esquecendo nunca sua responsabilidade com cada pessoa que é tocada. 

Os shows no Brasil ainda estão acontecendo. Você já foi a algum? Já esteve com os irlandeses em algum desses momentos? Conte para a gente!

Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário