News
Loading...

10 Motivos para conhecer EXTRAORDINÁRIO

Por colaborador Jurandir Vicari

Em 2013 a Editora Intrínseca trouxe ao Brasil, o livro EXTRAORDINÁRIO, da autora R.J. Palácio, que pelo grande sucesso já em 2017 virou um tocante e fiel filme dirigido por Stephen Chbosky, muito competente na adaptação de outro livro, As Vantagens de Ser Invisível e na minha opinião, arrasou em ambos.

Foto: Divulgação

E já que se trata de um livro que virou filme vou citar 5 motivos para ler o livro e 5 para ver o filme. 

Livro:

01 - Jamais julgue um livro pela capa:
A capa é bem simples, apenas o rosto de um menino num fundo azul. O rosto é o principal desafio de Auggie, um menino de 10 anos que nasceu com uma deformidade facial, e logo de cara você descobrirá que nem o protagonista, nem o livro devem ser menosprezado pela primeira impressão.

02 - Inspirado numa história real:
A autora revelou em entrevista que a ideia do livro aconteceu quando seus filhos encontraram uma menina com a mesma deformidade da personagem principal e da curiosidade que esse encontrou gerou. Talvez, tenha sido uma maneira da autora fazer com que encaremos situações que poderia ser ruins com a devida naturalidade exigida.

03 - É Inspirador:
Apesar de ser sobre um assunto "pesado" o livro é bem leve. Ele é recheado de frases inspiradoras, sem ser chato como um livro de auto-ajuda. Fiquei surpreso com a força que um menino de 10 anos pode ter.

04 - Sem preconceitos:
Uma das lições principais dessa obra, também deve ser deixado de lado primeiro pelo leitor adulto, afinal é um livro direcionado ao público infantil, mas por sorte não limitado a ele. Vemos ao longo dele que respeito e cuidado ao próximo vão se perdendo ao longo da vida como a inocência da infância.

05 - A narrativa é impressionante:
O que mais me chamou a atenção é que além da visão de Auggie, suas dores, suas aventuras, seus medos, vemos o ponto de vista de sua família, amigos e até a escola sobre os acontecimentos. Excelente uso desse recurso para inserir o leitor na trama.

Foto: Divulgação

Filme:

01 - Pelo elenco:
A escolha do elenco foi perfeita. Formado por Julia Roberts, Owen Wilson, Izabela Vidovic, entre outros...mas claro o destaque é o jovem ator Jacob Tremblay, no papel de Auggie Pullman, sim, o protagonista. Ele já tinha mostrado a que veio no seu trabalho anterior, O Quarto de Jack, e continua encantando, eu aposto que você será cativado por ele do começo ao fim. Apesar de Jacob ser o grande destaque eu não poderia fazer esse texto sem mencionar a participação da atriz Sonia Braga, afinal é indiscutível, o seu talento.

02 - Emocionante:
O longa é garantia de emoção, você irá rir em alguns momentos, mas com certeza vai chorar e não vai ser pouco. Por mais que os pais, os professores, tentem ajudar, é Auggie quem precisa lidar com os problemas do dia a dia. Ver uma criança nesse papel passa um aprendizado muito grande, pois proporciona uma lição de vida sobre aceitação e aparências. Se é fã de drama e gosta de olhar o mundo com outros olhos, não perca a chance de assisti-lo.

03 - Conscientizar sobre o Bullying:
O filme, o tempo todo reforça a ideia da autoaceitação e respeito. Mostrando como a convivência e a informação podem melhorar a forma com que as crianças enxergam o mundo. Outro ponto bem forte trabalhado é como o olhar pode arruinar ou salvar o dia de alguém. Sempre nos lembrando de aceitar a diferença entre as pessoas.

04 - Passar a enxergar a vida com outros olhos:
As situações que o protagonista passa nos faz refletir sobre como reclamamos sobre os problemas, e muita vezes não nos aceitamos. O filme vai te fazer parar de reclamar de 'futilidades', mostrando como existem pessoas no mundo com problemas maiores e que são felizes independente dos problemas, ou pelos menos estão dispostos a tirar o "bumbum" do sofá e correr atrás dos seus sonhos.

05 - Valorização da família:
Durante todo o filme vemos o quanto é importante uma relação saudável com os nossos familiares, valorizarmos nossos amigos e aceitar ajuda sempre que precisarmos, e nunca é tarde para perdoar e estar perto de quem amamos, afinal é o que realmente importa na vida. Não é ?

Por garantia deixe uma caixinha de lenços ao lado, independente de escolher o livro ou o filme, mas se eu fosse você ficaria com o melhor dos dois.





Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário