News
Loading...

Sol e Sonhos na Copacabana de 1900

Por Jaqueline Gomes

Obra ambientada no período da República Velha, traz romance instigante entre um embaixador francês e uma meretriz

Foto: Divulgação

O escritor brasileiro Aliel Paione acaba de lançar o livro Sol e Sonhos em Copacabana, da Editora Pandorga. Na trama, que se passa em 1900 e durante o governo de Campos Sales, Jean-Jacques Chermont Vernier, um jovem diplomata francês, se muda para o Brasil para trabalhar na Embaixada da França como consultor econômico.

Depois de cerca de um ano morando no país, ele vê uma mulher lindíssima, Verônica, ao passar em frente ao cabaré de luxo Mère Louise, que realmente existiu na época e se localizava em Copacabana, no Rio de Janeiro. Sem conseguir tirar a imagem da mulher da cabeça, resolve voltar ao local à noite para, enfim, poder conhecê-la e conversar com ela pessoalmente. Quando a vê descendo as escadas com Louise, administradora do cabaré, apaixona-se. E assim se desenrola o enredo da história.

Em uma linguagem instigante e sensível que prende a atenção do leitor do início ao fim, Paione também induz os leitores a refletirem sobre questões políticas e históricas dos tempos da política do Café com Leite e do governo republicano de Campos Sales.


O autor aborda e critica ainda a desilusão daqueles tempos criada por um capitalismo inescrupuloso e o cinismo debochado de políticos da época.
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário