News
Loading...

Entrevista: Nem Liminha Ouviu fala sobre show no Lollapalooza 2018

Por Rodrigo Bueno

A banda é uma das atrações do festival nesta sexta-feira, 23, no mesmo palco do Red Hot Chilli Peppers. 'Vamos fazer uma bagunça e muita barulheira', diz vocalista ao AC.

Foto: Divulgação

Pela terceira vez no Lollapalooza Brasil, Nem Liminha Ouviu é a atração de abertura do primeiro dia do festival. Comandado pelo vocalista Tatola Godas (ex-Não Religião), o quinteto conta com Wecko (guitarra), Marcão (baixo), Gabriel (guitarra) e Jacaré (bateria), a banda paulistana faz uma homenagem aos grupos brasileiros dos anos 80 que não estouraram na rádio, ou tiveram sucesso breve, mas deixaram incontáveis fãs e marcaram seu tempo.

Conversamos com Tatola, que além de ser vocal da banda, é apresentador nos programas "Show do Tatola" e "Quem Não Faz Toma" na rádio 89 FM e na TV com "Encrenca" na Rede TV. Confira a entrevista!


Foto: Reprodução/Instagram

Acesso Cultural: Pela terceria vez a "Nem Liminha Ouviu" participa do Lolla, qual a importância de ser a atração de abertura deste ano e no mesmo palco do Red Hot Chilli Peppers?

Tatola: Pra gente é maior orgulho, e a história de tocar esse ano no festival é bem legal, porque eu mandei a música "Não Tem Perdão" para a produção do Lollapalooza, aí os caras pediram para que fosse a banda de início e a canção de abertura do festival. Então neste ano, para nós tem uma importância muito grande. E tocar no mesmo palco com o Red Hot Chilli Peppers não tenho nem o que falar, os caras são demais.

AC: Fale um pouco do que os fãs da banda podem aguardar do show no festival?

TG: Os fãs podem esperar uma banda nervosa pra caramba, cheia de punk rock. Eu vou tocar as músicas "Não Tem Perdão", "Jamais", "Jesus Crucificado no Poste da Light", entre outras. Vamos fazer uma bagunça e muita barulheira!



AC: Como você consegue conciliar a banda com a rádio e a TV?

TG: Conciliar tudo é uma guerra mesmo, é rádio, é banda, é TV, eu vejo pouco minha mulher e meus filhos, é uma correria o dia inteiro sabe? Para poder fazer a coisa funcionar. Mas eu gosto de tudo o que eu faço, então não é nenhum sacrifício estar na rádio, na banda ou na TV, é legal demais ter tudo isso pra fazer, sou muito feliz.

AC: Tatola, qual banda você está mais afim de ver no Lollapalooza 2018?

TG: Cara, se eu pudesse ficava lá o dia todo pelado, escutando as músicas do começo ao fim, porque o festival é muito legal, desde a parte eletrônica até a comida. As banda são boas, o Spoon, é uma banda legal pra ver, o The Neighbourhood, o Kaleo, Milly Chance, Liam Gallagher, Lana Dele Rey, The National, eu gosto muito de tudo que o festival vai trazer nesta edição, com certeza sexta e sábado estarei por lá!
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário