Monges do Mosteiro de São Bento lançam livro de culinária - Acesso Cultural - Arte, Cultura Pop e Entretenimento
News
Loading...

Monges do Mosteiro de São Bento lançam livro de culinária

Por Andréia Bueno

Será lançado no domingo de Páscoa, 1º de abril o livro de culinária do Mosteiro de São Bento de São Paulo. A obra é o resultado da pesquisa do monge bibliotecário e arquivista monástico, Dom João Baptista Barbosa, OSB e da oblata beneditina Sandra Marina Witkowski.


Foto: Wellington Batista

Eles conseguiram reunir as diversas receitas do mosteiro – algumas bastante antigas e que não eram mais utilizadas – e oferecem estas delícias para nós no livro Cozinhe com os monges: as tradicionais receitas de entradas, pratos e sobremesas do Mosteiro de São Bento, da Editora Planeta.

São mais de 100 receitas diversas, desde pratos quentes, doces e sobremesas do mosteiro, dos pratos mais simples aos mais sofisticadas.

Todos conhecem a famosa padaria do mosteiro e suas iguarias. Foram escolhidas da padaria dos monges algumas receitas para o livro, como é o caso do pão de mandioquinha e do pão de mel. Da mesma forma o leitor encontrará algumas receitas do badalado brunch do mosteiro, um dos mais importantes de São Paulo, evento que ocorre sempre no último domingo no mês em 12 anos reuniu mais de 20.000 pessoas. Dom João Baptista não esqueceu nem as receitas das comidas oferecidas ao Papa Bento XVI quando ficou hospedado no mosteiro.


Além de trazer as receitas do mosteiro o livro conta com um trabalho de história da comida nos mosteiros. Conta sobre a influência da gastronomia e dos costumes monásticos na sociedade, além de contar a história do mosteiro de São Bento e sua relação com a cidade de São Paulo. Traz curiosidades como a produção das famosas cervejas monásticas e da preocupação com a gula.

O lançamento do livro Cozinhe com os monges: as tradicionais receitas de entradas, pratos e sobremesas do Mosteiro de São Bento, de Dom João Baptista Barbosa e Sandra Marina Witkowski, ocorrerá no Mosteiro de São Bento de São Paulo, no dia 1º de abril, após a missa das 10h.


Arte: Divulgação



Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário