News
Loading...

Canal Sessão Popular une teatro musical e acessibilidade no YouTube

Vencedor do primeiro Edital do Ministério da Cultura com foco no YouTube, o canal
“Sessão Popular” garante acessibilidade para falar sobre Teatro Musical.

Por Andréia Bueno

Criado e comandado pelo produtor teatral Luis Fernando Rodrigues (25), um novo canal chega para colocar em pauta, de forma inédita e especial, o Teatro Musical no YouTube - uma das plataformas mais democráticas da era digital. Com seu conteúdo educacional e irreverente, o Canal Sessão Popular, que estreia em 05 de abril, se difere dos demais ao garantir em todos os seus episódios a acessibilidade aos portadores de deficiência auditiva através da inclusão de legendas ou transmissões simultâneas da linguagem de libras.

Luis Fernando - Foto: Guilherme Gila

O teatro musical brasileiro é a especialidade de Luis Fernando, que embora formado em
Marketing, estuda Teatro desde os 15 anos, tendo feito parte de diversas produções acadêmicas até encontrar sua paixão pelo Teatro Musical em 2012, quando um amigo lhe apresentou o gênero. De lá para cá ele não deixou mais a área e teve como um de seus trabalhos mais notórios a produção da última montagem brasileira de “Godspell”, clássico da Broadway que conquistou público e crítica em 2016 e venceu a categoria Melhor Direção no Prêmio Arte Qualidade Brasil.

Após temporada em São Paulo, o musical fez ainda uma turnê em parceria com o Sesi SP,
passando por diversas cidades paulistas em 2017. Atualmente, Luis gerencia a comunicação dos Circos do Patati Patatá em São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas e em breve Belo Horizonte, estando sempre conectado ao universo do entretenimento.

A criação do canal “Sessão Popular” aconteceu em junho de 2016, quando o Ministério da
Cultura abriu o primeiro edital destinado a contemplar conteúdo para o YouTube. Seriam apenas 16 canais selecionados no Brasil inteiro, mas Luis Fernando já estava acostumado com a competição. Como produtor e criador, ele se inscreve em projetos de Leis de Incentivo e Editais há mais de três anos. Esta vez, porém, é ainda mais especial, pois mesmo já tendo conquistado diversos projetos nas leis de incentivo, esta foi sua primeira aprovação em um Edital. Mais um objetivo atingido: O de se comunicar diretamente com o público em sua totalidade, e melhor ainda, poder falar sobre o Teatro Musical, em constante ascensão.

A acessibilidade sempre foi muito importante para Luis, além de ser um diferencial que o
destacou entre tantos inscritos no Edital. Por isso também seu nome, "Sessão Popular". Baseando-se na ideia de que hoje em dia as chamadas “sessões populares” oferecem preços melhores para determinados dias de apresentação, tendo como objetivo levar uma faixa demográfica maior de público ao teatro, o canal busca também que uma faixa maior de espectadores possa ser atingida, proporcionando acesso livre e gratuito ao conteúdo para todos os amantes de teatro e também para os curiosos sobre este universo já tão querido do público.

Dividido inicialmente em mais de 20 episódios culturais e educacionais, apresentados de forma didática, porém descontraída, o projeto trará um conteúdo inédito e variado entre bastidores de produções, entrevistas e até mesmo performances musicais de convidados especiais, entre eles Ana Luíza Ferreira, Guilherme Leal, Pedro Navarro e Kiara Sasso. Dessa forma, profissionais do meio e o público poderão trocar ideias, compartilhar opiniões, sanar dúvidas e dividir a cada semana um pouco mais sobre a história e o mercado do Teatro Musical, dentro e fora do Brasil.

Garanta seu lugar na Sessão Popular. Siga, curta, compartilhe!


FICHA TÉCNICA:
Realização: Lumus Produções
Patrocínio: Secretaria do Audiovisual e Ministério da Cultura
Produção e Apresentação: Luis Fernando Rodrigues
Intérprete de Libras: Daniel Madureira
Direção e Edição: Guilherme Gila
Assistente de direção: Demerson Souza
Finalização: Gabriel Fonseca
Assistente de Produção: Jorge William
Assessoria de Imprensa: GPress Comunicação | Grazy Pisacane e Maiara Tissi
Apoio: Ingresso Rápido, Revista IN, SPJornal e Theatro NET
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário