News
Loading...

Concurso Cultural Encerrado: Submersão

Filme protagonizado por James McVavoy e pela vencedora do Oscar Alicia Vikander, estreia dia 19 de abril, distribuído pela Califórnia Filmes

Por Andréia Bueno

Dirigido por Win Wenders, SUBMERSÃO, estreia nesta quinta-feira, dia 19 de abril em Barueri, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Jaboatão dos Guararapes, Londrina, Maceió, Niterói, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador, Santos, São Paulo, Teresina . 

Foto: Divulgação

Uma história de amor que nos leva a dois mundos extremamente diferente de nossos dois protagonistas. Danielle Flinders (Alicia Vikander) e James More (James McAvoy). Eles se encontram por acaso em um remoto hotel na Normandia, onde ambos se preparam para uma perigosa missão. Eles se apaixonam quase contra sua vontade, mas logo reconhecem um ao outro como o amor de suas vidas. Quando têm de se separar, descobrimos que James trabalha para o Serviço Secreto Britânico. Ele está envolvido em uma missão na Somália para caçar uma fonte de terroristas suicidas se infiltrando na Europa. Danielle ‘Danny’ Flinders é uma bio-matemática trabalhando em um projeto nas profundezas do mar para provar sua teoria sobre a origem da vida no planeta. Logo, ficam em mundos muito opostos, James é feito refém dos terroristas e não tem como contatar Danny, e ela tem de ir ao fundo do mar em um submergível, sem mesmo saber se James está vivo. Aperte o play e confira o trailer.



A direção desse thriller romântico é de Wim Wenders (O Sal da Terra, Asas do Desejo), com um roteiro de Erin Dignam (The Last Face).  Uma complicada história que abrange algumas das preocupações mais profundas da vida, Submersão é baseado no romance de J.M. Ledgard. Um jornalista que cobriu a sociedade e a política através da África para a revista The Economist, Ledgard se inspirou em suas experiências vivendo e trabalhando na Somália.

Ledgard criou um romance altamente intrincado, onde três mundos distintos se envolvem. “O romance tem três frentes”, ele diz. “Uma se passa na África, e é sobre um espião britânico que é sequestrado por um grupo jihadista. A segunda frente é sobre uma professora do Imperial College, de Londres, que é uma bio-matemática, o que significa que ela estuda o volume de vida microscópica nos oceanos. E a terceira frente é o encontro desses dois personagens em um hotel na França, e forma a parte central da história. Eles vivem uma paixão avassaladora. Então, é sobre ciência, crenças e amor”.

Quer assistir o filme com a equipe do Acesso Cultural? Então participe do nosso Concurso Cultural em parceria com a California Filmes. Os leitores do site que enviarem as melhores respostas serão contemplados com um par de ingressos para conferir o longa na capital paulista e os dois primeiros lugares ainda levam pra casa o Livro do filme.

Para concorrer, basta responder a seguinte pergunta: "Até onde você iria para viver uma história de amor?"

A resposta deve ser feita na seção de comentários desta notícia, caso contrário o leitor será desclassificado. As respostas podem ser enviadas até às 23h59 de domingo (22/04). O nome dos vencedores será divulgado na segunda-feira (23/04) às 9h.

Sobre o local em São Paulo:

Onde? Cinema do Shopping Frei Caneca 
Quando? Dia 23 de abril, segunda-feira, às 19h00

Regulamento

1 - Cada participante só poderá enviar uma resposta. Caso contrário, será desclassificado;

2 - O Acesso Cultural não vai arcar com verbas de transportes, viagens e hospedagem;

3 - Sua participação no concurso implica aceitação nos requisitos do regulamento. O Acesso Cultural reserva-se no direito de modificar o regulamento, sem aviso prévio, caso ocorra qualquer situação que impeça e/ou prejudique a ação desse concurso.


Poster: Divulgação

Ganhadores
1) Carol Gomes
2) Aline Saadia
3) Tamyres Oliveira
4) Juliana Santos
5) Taty Godoi 

Obs: Ponto de encontro no cinema do Shopping Frei Caneca às 18h45 para a entrada na sessão das 19h com direito a acompanhante. Qualquer dúvida ou imprevisto entrar em contato no (11) 98547-0824 e falar com Rodrigo Bueno.
Share on Google Plus

9 comentários :

  1. Nossa eu iria até o fim do mundo, por amor faço tudo. ..

    ResponderExcluir
  2. Eu iria buscar no fundo do meu coração a essência da pureza da felicidade de amar alguém, pois quem tem Amor sabe o quanto pode ser feliz

    ResponderExcluir
  3. Acredito que não há limites para ir viver uma história de Amor se for verdadeira, como diz Zeca Pagodinho "deixa a vida me levar" se for para ser feliz não há limites.

    ResponderExcluir
  4. Para viver uma história de amor eu iria fazer uma jornada épica por todos os planetas do sistema solar, começando pelo Planeta Vênus, para me transformar na Deusa do amor, eu colocaria bandeiras com o nome do meu namorado na lua e eu não me preocuparia com extraterrestres e nem com a falta de oxigênio, pois o amor me daria forças para ir até outras dimensões e todos os planetas iriam girar em torno da minha eterna paixão.
    Aline Saadia

    ResponderExcluir
  5. Por amor arriscaria a viver tudo e superar tudo, porque amar é arriscar. Buscando ir e viver o submerso da paixão, dos medos, angustia e principalmente da felicidade sem medo de me permitir. Por amor iria viver a submersão do amor.

    ResponderExcluir
  6. Eu não sei te dizer
    Em quantas palavras
    Versos ou prosas já feitas
    O que se passa em mim
    São tantos os Camões e Alencar
    Tantos que escreveram e traduziram
    O tal do amor
    Que tudo que me toca me parecem palavras
    Feitas e desfeitas de sua verdade
    A palavra não traduz o amor
    E você só descobrirá meu amor nos meus gestos
    Sorrisos tortos e bochechas rosadas de vergonha
    Nos abraços hora acanhados, hora cheios de carinho
    Nas primeiras discussões e perdões cheios de lágrimas arrependidas e apaixonadas
    Nas nossas aventuras amorosas
    Em todos e quaisquer lugar
    Sem limites ou regras ou barreiras
    Só saberá que te amo no instante da saudade
    E quando estivermos juntos na manhã do outro dia
    Me vendo acordar como só a felicidade acorda
    Eu já me sinto clichê em falar assim
    Com palavras banais repetidas por todos
    Mas me olhe nos olhos por mais uma vez
    Veja o não pronunciável
    E ouça o silêncio
    (Carolina Gomes)

    ResponderExcluir
  7. Eu iria até o desafio de enfrentar a sogra e paro por aí ....pois ao encarar a Cascavel pois daí já não é mais filme de amor e sim terror!!!!

    ResponderExcluir
  8. Submerso nas últimas batidas do coração, somente ame.
    Para o amor, não há limites ou forma correta.
    Somente ame!


    ResponderExcluir
  9. Ganhadores:
    1) Carol Gomes
    2) Aline Saadia
    3) Tamyres Oliveira
    4) Juliana Santos
    5) Taty Godoi

    Obs: Ponto de encontro no cinema do Shopping Frei Caneca às 18h45 para a entrada na sessão das 19h com direito a acompanhante. Qualquer dúvida ou imprevisto entrar em contato no (11) 98547-0824 e falar com Rodrigo Bueno.

    ResponderExcluir