News
Loading...

Entrevista: Telma Emerick, locutora da Rádio Disney Brasil

Por Nicole Gomez

Se você não conhece pelo nome, com certeza já escutou a voz de Telma Emerick, que além de apresentar e atuar, empresta sua voz para o programa Esquadrão da Moda e também acompanha os ouvintes da Rádio Disney nas manhãs durante a semana. Batemos um papo com a locutora para saber um pouco sobre sua carreira, a jornada até aqui e as dificuldades da profissão. Confira!

Foto: Divulgação

Acesso Cultural: Conte um pouco da sua trajetória, desde o começo da carreira até hoje.

Telma Emerick: Xiiii...a história é longa, viu,rs? Vou tentar resumir: Como Radialista comecei na Nova FM em Manhuaçu MG, depois 94 FM em Caratinga, Daí veio o convite pra Jovem Pan BH. Logo em seguida a oportunidade de vir pra SP e trabalhar na Rede Jovem Pan Sat. Por um pequeno período também fiz a Rádio Volkswagen. E enfim a Rádio Disney, onde tive a oportunidade de fazer a locução de estreia da empresa no Brasil e até hoje continuo apresentando o "Despertador" todas as manhãs. Atualmente também estou na Rádio Educadora FM em Uberlândia, onde mando locução gravada diariamente. No Rádio já são 20 anos no ar! #Amo!

Na TV também comecei bem nova, aos 17 anos numa afiliada da Rede Minas. E no interior é bom porque a gente faz de tudo na área e ganha experiência. No caso, trabalhei como apresentadora, redatora, repórter, jurada em programa de auditório e até cinegrafista. Logo que cheguei em SP já comecei a participar como jornalista convidada no Programa Super Pop da Redetv!. Trabalhei 3 anos narrando os vídeos do Programa da Tarde na Rede Record e estou há 4 anos sendo a voz do Programa Esquadrão da Moda no SBT, casa que tenho um carinho especial! Trabalhei como colunista social em revista, jornal e site. Fiz a locução do Estádio Palestra Itália antes da reforma e ainda hoje tenho parceria com o Palmeiras, onde em jogos específicos, apresento um programinha exibido no telão do Allianz Parque. Gravo as chamadas de toda a programação das Igrejas Paz e Vida no Brasil. E desde 2012 sou voz padrão de atendimento nacional por telefone da Serasa Experian.

AC: Você teve um momento marcante na sua carreira no rádio?

TE: Acho que foi minha chegada em SP. Meu primeiro dia aqui já participei do Pânico no Rádio. Eu sempre fui fã do programa e dos apresentadores. Já estava super feliz em chegar para trabalhar na mesma empresa (Jovem Pan FM), mas não esperava ser recebida por eles ao vivo. Foi engraçado porque eu nem tinha estreado como locutora; na verdade estava chegando de viagem com mala e tudo. Estava andando pela rádio e conhecendo o pessoal da equipe. Daí vem a Sabrina Sato me puxando pela mão e dizendo “Vem que o Programa já começou e o Emílio tá te chamando.” Eu não entendi nada, mas fui e a farra foi boa! Me arrumaram até apelido... rs. Tenho umas partes gravadas e até hoje dou risada ouvindo! 


AC: O que você considera que exige mais, o ao vivo no rádio ou as locuções para os programas de TV?

TE: Sem dúvida, o ao vivo. Na verdade a palavra nem é exigência e sim responsabilidade. O que sair ali, já era; não tem como voltar. Então, aí entra o talento do locutor em improvisar bem porque situações inusitadas podem acontecer: ouvintes no ar, problemas técnicos, etc. Várias vezes tive que ficar enrolando no ar enquanto tentava reiniciar máquina, por exemplo... rs. Quem ouve nem imagina, mas a gente passa aperto com os inesperados do ao vivo! E tudo que vai pro ar tem impacto e as vezes a resposta é imediata. Então, é bem sério! Tem aquela pressão de não poder errar, gaguejar, enfim. Mas o ao vivo também tem a vantagem da adrenalina que é muito boa de sentir!

Foto: Arquivo Pessoal

AC: Ainda existe alguma área na qual você sonha em trabalhar? Qual?

TE: Sim, quero atuar na TV, teatro ou cinema. Quem sabe em todos esses meios, né? rs. Antes já tive experiências amadoras na área, mas agora já posso atuar profissionalmente pois acabei de me formar como atriz. Amei as peças que fiz na escola e o friozinho na barriga para entrar no palco e encarar a plateia, é algo indescritível!

Aperte o play e confira alguns trabalhos de Telma Emerick:









Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário