News
Loading...

Resenha: Submersão

Por Cristian Cesar

Como seria se você estivesse vivendo uma paixão avassaladora e de repente a pessoa que você está se envolvendo some e não dá mais sinal de vida e nem a perspectiva de estar viva? 


Foto: Divulgação / California Filmes

Essa é a pergunta que o filme Submersão nos deixa. A trama é desenvolvida em três vertentes: as lembranças de um romance que contrasta duas realidades distintas. A vida individual do casal e também o trabalho e destino deles. 

É plausível dizer que o autor ao produzir, teve grandes acertos. O filme traz consigo críticas sociais, culturais e religiosas. 

Até onde as pessoas são capazes de irem por suas convicções? 

Como romance, tem um excelente roteiro, onde sequer deixa espaço para falhas. O longa envolve o espectador do início ao fim e em vertentes completamente distintas e controversas. O único aspecto correlato das duas personagens, é o amor. 

Narrar a história amorosa de um soldado sequestrado por um grupo jihadista com uma bio-matemática foi uma ideia um tanto arriscada, mas bem acertada que consegue mexer com a imaginação de quem acompanha o filme. 

Protagonizado por James McVavoy e pela vencedora do Oscar Alicia V, Submersão entrega o que promete. Nos deixa realmente submersos e pensativos quanto a situação de saúde e sobrevivência do planeta. Aperte o play e confira o trailer:


Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário