News
Loading...

Entrevista: Fabiana Santos - a cantora do grupo The Leprechaun 

Por Cristian Cesar

Quem costuma ir à Avenida Paulista aos domingos já sabe que por lá existem muitas atrações de rua. Bandas, artistas e atores mostrando seu talento em um dos centros urbanos mais visitados do Brasil. E com todas essas atrações, lá está o grupo The Leprechaun. A vocalista da banda, Fabiana Santos, concedeu entrevista ao AC contando um pouco de sua trajetória, inspirações e planos futuros.  

Foto: Divulgação

Nascida e criada em São Paulo, Fabiana canta desde a infância e mesmo que não profissionalmente, já se aventurou em alguns projetos que a tornaram uma cantora de personalidade e identidade. Esbanjando humildade e interagindo sempre com o público, a moça não tem medo dos holofotes e a cada apresentação deixa muito evidente o amor e carinho por seu trabalho. Em shows, a cantora se solta, dança e canta como se estivesse em sua casa, transita no palco como se viajasse em um planeta de cores. Acompanhe a entrevista que Fabiana concedeu para o AC.  

Foto: Divulgação

Acesso Cultural (AC): Como começou essa paixão pela música?   

Fabiana Santos (FS): Sempre ouvi música em casa. Desde quando me entendo por gente ouvia meu pai cantarolando as músicas que ele gostava, desde Novos Baianos à Rolling Stones. Essas canções mexiam comigo e eu adorava cantarolar também. Lembro que a primeira vez que cantei tinha uns 6 anos de idade. Para mim, a música sempre foi parte do dia a dia, e sempre foi algo natural cantar. 

AC: E o início da carreira? Nos conte como foi o início de sua trajetória com os The Leprechaun?  

FS: Sempre ouvi de tudo, ouvia pop, ouvia muito rock, hip hop e r&b, achava incrível como aquelas músicas podiam tanto nos tocar. Eu tive uma banda quando tinha uns 18 anos. Nunca tocamos ao vivo, só ensaiávamos, por horas e conversávamos muito sobre música. Aos 20 e poucos anos comecei a frequentar alguns bares com música ao vivo e fiquei amiga de vários deles. Dava canja em muitos bares, mas nunca tive nada muito sério. Nessa época, eu havia conhecido o Eric e o Rafael por uma amiga em comum. Eles tinham alguns projetos, dentre eles uma banda de hardcore com o nome The Leprechaun, em que o Eric tocava baixo e cantava. A banda acabou, mas uma nova roupagem pra aquele projeto brotou. O Eric então me convidou pra fazer parte e eu topei na hora. 

Foto: Divulgação

AC: Defina: o que significa The Leprechaun para você?

FS: The Leprechaun é um paradoxo. Ao mesmo tempo que possui um ritmo festivo com a velocidade do punk Rock e do Bluegrass é composto por letras de forte cunho social, letras que falam sobre crescer, sobre errar, cair e se reerguer, que falam também sobre corações partidos. Tudo o que a gente vive corriqueiramente. 

AC: Em suas performances é visível os traços de Amy Whinehouse. Você se inspira nela?  

FS: Nos trejeitos não, mas vocalmente acho ela maravilhosa. Me inspirou bastante sim para me arriscar mais. 

Foto: Divulgação

AC: Quem são suas inspirações musicais?  

FS: Me inspiro na simpatia das cantoras pop, desde Madonna até Rihanna. E nos timbres marcantes de cantoras como Joan Jett, Baby Consuelo, Elis Regina e Mama Cas. 

AC: E para finalizar, o que podemos esperar de seus novos projetos? Já existe algo em mente?  

FS: Tenho mais um projeto além do The Leprechaun. Eu e alguns amigos montamos uma banda de covers de artistas dos anos 50 e 60 dos quais gostamos muito como Johnny Cash e Ray Charles. Tem uma levada de Postmodern Jukebox também, com muitas camadas de harmonias vocais. O que esperamos para o futuro é tocar o máximo que pudermos e nos divertirmos muito com isso! Por enquanto estamos testando o repertório, mas em breve colocaremos na estrada. 

Foto: Divulgação / Moamay Photos

Quer conhecer melhor o trabalho de Fabiana Santos? Os vídeos dela cantando Ao vivo estão no Youtube e as músicas se encontram presentes em todas as plataformas digitais, como Spotify, Deezer e em CD físico. E não se esqueça, a cantora está na Avenida Paulista todos os domingos com os meninos do The Leprechaun.
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário