Bono, o cão surfista, visita Casa Ronald McDonald do Rio de Janeiro - Acesso Cultural - Arte, Cultura Pop e Entretenimento
News
Loading...

Bono, o cão surfista, visita Casa Ronald McDonald do Rio de Janeiro

Cão voluntário da Instituição apoia o MCDia Feliz

Por Andréia Bueno

A Casa Ronald McDonald do Rio de Janeiro recebeu a visita do Bono, o cão surfista mais famoso do Brasil. O labrador é o mascote da Casa e sempre faz visitas às crianças e jovens hospedados na instituição. Bono já é tão de casa que tem carteirinha de “cão voluntário” e possui todas as certificações internacionais para fazer terapia com as crianças. No dia 12 de julho, a missão de Bono, além de encantar a garotada, foi mostrar que também veste a camisa da divulgação do McDia Feliz no estado do Rio de Janeiro, apoiando a causa do câncer infanto-juvenil por mais um ano. Há três anos Bono faz parte deste time.

Foto: Divulgação

Além da divulgação, o cão também incentivará a Instituição a alcançar a meta de arrecadação através dos tíquetes antecipados, que garante reversão integral em prol dos projetos sociais. Para participar da campanha basta ligar para (21) 2566-3260 ou enviar um e-mail para captacao@casaronald.org.br

Bono Surf Dog, como é conhecido nas redes sociais tem mais de 84 mil seguidores e tinha 6 meses quando começou a surfar com o dono em uma prancha de stand up paddle. Atualmente é bicampeão mundial de surfe e tem um programa no Canal OFF junto com seu dono, treinador e amigo, Ivan Moreira.

Foto: Divulgação

A 30ª edição da campanha no Brasil será realizada no dia 25 de agosto (sábado), em todos os restaurantes McDonald's do país. Neste ano, a campanha ficou ainda mais especial e somou mais uma causa a ser contemplada, com isso, a venda do Big Mac irá beneficiar ainda mais pessoas que necessitam de projetos beneficentes. O diferencial da campanha do Rio é a  FM O Dia como rádio oficial da campanha e o cantor Dilsinho, como McAmigo da cidade.

Nos últimos 29 anos, foram doados mais de 200 milhões de reais à causa do câncer infanto-juvenil em todo o Brasil. Em 2017, o montante arrecadado foi destinado a 58 instituições de todo o país. Entre eles estão apoio ao diagnóstico precoce, melhoria do atendimento médico hospitalar, casas e grupos de apoio, além de Casas Ronald McDonald e Espaços da Família Ronald McDonald, que acolhem os jovens pacientes e suas famílias durante o tratamento.
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário