Conheça as obras de José de Alencar que inspiraram a novela Essas Mulheres - Acesso Cultural - Arte, Cultura Pop e Entretenimento
News
Loading...

Conheça as obras de José de Alencar que inspiraram a novela Essas Mulheres

Por Leina Mara

A Record TV anunciou que a novela “Essas Mulheres” estará de volta à grade em meados de julho. Lançada em 2005, a trama era livremente inspirada em três obras do escritor cearense José de Alencar: “Senhora”, “Lucíola” e “Diva”. Clássicos do Romantismo Brasileiro, as obras trazem mulheres fortes e representam as heroínas urbanas do escritor. Não leu nenhum desses livros? Não se preocupe, nós preparamos a sinopse aqui para vocês. Confira agora! 


Senhora (Arte: Divulgação)

Senhora 
A obra narra a história de amor entre Aurélia Camargo e Fernando Seixas. Devido à problemas financeiros, Fernando resolve se casar com outra mulher, dona de um dote de noivado. Tempos depois, Aurélia recebe uma herança e resolve se vingar por ter sido abandonada: contrata o casamento com Seixas, que continuava solteiro, sem revelar sua identidade. Na noite de núpcias, acusá-o de ser um homem comprado e passa a tratá-lo como uma propriedade.

Lucíola 
Paulo é um dos homens que aspira um ascensão social. Logo após a sua chegada à capital, é apresentado por um amigo à Lúcia, a cortesã. Cobiçada por todos apenas por sua beleza, Lúcia é atraída pelo novo rapaz, que consegue enxergá-la além das aparências e dos preconceitos da sociedade carioca. Essa relação aproximará Lúcia cada vez mais de sua misteriosa origem e trará à tona grandes segredos do seu passado.

Diva 
O romance é narrado em primeira pessoa por Augusto Amaral, médico que cuidou de Emília quando essa esteve doente. Dois anos se passam e eles se reencontram. Agora, Emília é uma moça de dezoito anos, extremante encantadora e misteriosa. Rodeado de pretendentes, Augusto passa os dias tentando conquistá-la, seu desassossego é intenso e faz os leitores mergulharem em uma narrativa cheia de paixão, ciúmes, encontros e desencontros amorosos. 
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário