News
Loading...

Menina Síria registra guerra civil em livro

Por Nicole Gomez

Em meio ao cenário de guerra em Aleppo, no ano de 2013, o jornalista e correspondente francês de guerra Philippe Lobjois encontrou uma sobrevivente, a pequena Myriam Rawick, então com oito anos.

Capa: Divulgação

Com incentivo de sua mãe, Myriam havia começado a escrever um diário sobre as situações que presenciara durante o conflito. Lobjois, vendo que estava diante de uma fonte rica de detalhes sobre a situação no local, começou a auxiliar a garota na escrita no que se transformaria posteriormente no livro "O diário de Myriam", recém-lançado no Brasil pela DarkSide. O jornalista esteve no Brasil para divulgar a obra, na Feira Literária de Araxá e em seguida, no Rio de Janeiro.

Depois de meses de escrita e revisão feitas em Aleppo, o jornalista levou o diário de Myriam para a França, com objetivo de mostrar a diversas editoras, até que uma delas decidiu transformar o relato em livro. A obra já está à venda no Brasil.
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário