7 pais de novelas que vale a pena recordar - Acesso Cultural - Arte, Cultura Pop e Entretenimento
News
Loading...

7 pais de novelas que vale a pena recordar

Por Leina Mara

O Dia dos Pais está chegando e na teledramaturgia tivemos alguns exemplos de pais dedicados, amorosos e inesquecíveis. Para homenageá-los separamos sete que nos emocionaram e que vale muito a pena recordar. 


Foto: Divulgação

Gaspar (Nuno Leal Maia) - Top Model (1989)


Foto: Divulgação / Rede Globo

O personagem certamente estaria na nossa lista de pais memoráveis. Quem assistiu a novela, desejou fazer parte daquela trupe formada pelo surfista quarentão e seus cinco filhos Elvis Presley (Marcelo Faria), Jane Fonda (Carol Machado), Ringo Star (Henrique Farias), John Lennon (Igor Lage) e Olívia (Gabriela Duarte). 

Otávio (Tony Ramos) - Felicidade (1991)


Foto: Divulgação / Rede Globo

Na novela de Manuel Carlos, Otávio era o pai dedicado ao filho Alvinho (Eduardo Caldas). Uma das cenas mais marcantes da novela é justamente a delicada e emocionante cena em que o personagem descobria ser também o pai da doce Bia (Tatiane Goulart). Cena inesquecível! 

Eduardo (Fabio Assunção) - Coração de Estudante (2002)


Foto: Divulgação

Jovem, o professor de Biologia era só cumplicidade com o seu filho Lipe (Pedro Malta). Pai amoroso, ele cuidava de Lipe sozinho após ser abandonado pela mulher, que era alcoólatra. 

Miguel (Tony Ramos) - Laços de Família (2000) 


Foto: Divulgação / Revista Contigo

Mais um personagem marcante de Maneco. Desta vez, Tony fazia Miguel, um pai totalmente devotado aos filhos: a impetuosa Ciça e o doce Paulo, que tinha uma vida debilitada após um acidente de carro, no qual a mãe havia falecido. 

Rodrigo (Rafael Cardoso) - A Vida da Gente (2012)


Foto: Divulgação / Rede Globo

Na trama de Lícia Manzo, Rodrigo se descobre pai da pequena Júlia (Jesuela Moro) ainda na adolescência. Com a namorada em coma devido a um acidente de carro, o rapaz assume a responsabilidade de criar a filha ao lado da cunhada Manuela (Marjorie Estiano). 

Alex (Marcos Caruso) - Páginas da Vida (2006) 


Foto: Divulgação / Rede Globo

Homem simples, Alex era apaixonado pelos filhos, principalmente pela filha Nanda. Após a morte da jovem, dedica sua vida aos cuidados do neto Francisco, até que descobre que tem outra neta, Clara, portadora da Síndrome de Down, que foi separada do irmão gêmeo na maternidade pela própria avó Marta (Lília Cabral). 

Miguel (Domingos Montagner) - Sete Vidas (2015)


Foto: Divulgação / Rede Globo

Ambientalista e navegador, Miguel era avesso a relações até ter sua vida invadida e mudada por seis filhos - Pedro (Jayme Matarazzo), Felipe (Michel Noher), Luís (Thiago Rodrigues), Laila (Maria Eduarda de Carvalho) e Bernardo (Guilherme Lobo) -, frutos de inseminação artificial, que se unem na tentativa de saber mais sobre o pai. No clã ainda se juntam Joaquim (Bernardo Berruezo), filho dele com Lígia (Débora Bloch), seu grande amor, e Júlia (Isabelle Drummond), a pioneira da união dos irmãos e que se torna filha de criação de Miguel, que reaprende a amar por causa dessas sete vidas. 
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário