5 autobiografias para você ler em novembro - Acesso Cultural - Arte, Cultura Pop e Entretenimento
News
Loading...

5 autobiografias para você ler em novembro

Por Nicole Gomez

Nada melhor do que embarcar em uma boa história, não é verdade? E quando a vida de alguém é escrita pelas mãos da própria pessoa, a sensação de estar lado a lado com ela é impressionante! Fizemos uma seleção das cinco melhores para você conferir no mês de novembro!

                                                    Na Minha Pele

Capa: Divulgação

Lázaro Ramos convida o leitor a refletir junto com ele sobre temas como ações afirmativas, gênero, família, empoderamento, afetividade e discriminação, com objetivo de criarmos juntos um mundo onde a pluralidade cultural, racial, étnica e social seja vista como um valor positivo, e não uma ameaça. Nele, Lázaro compartilha momentos de sua vida, e também suas dúvidas, descobertas e conquistas. É uma obra que propõe uma mudança de conduta e nos convoca a prestarmos mais atenção ao outro. 

Luisa Mell: Como Os Animais Salvaram Minha Vida

Capa: Divulgação

Com um instituto que leva seu nome, trabalho reconhecido internacionalmente e a admiração de milhares de pessoas, Luisa Mell teve um longo caminho, repleto de obstáculos para chegar onde está. Neste livro de memórias, Luisa conta sobre sua dedicação de corpo e alma à militância, a qual se dedica até hoje, sem se importar com as piadas que faziam quando aparecia chorando na televisão. Relata também sua fase quando ficou desempregada, quando teve uma depressão profunda. Ela conta, principalmente, a influência dos animais no processo de cura de sua doença.

Fazendo as Pazes Com o Corpo

Capa: Divulgação

No livro, a jornalista Daiana Garbin revive sua adolescência, quando, por 22 anos, passou da frustração ao ódio pelo seu corpo, encarando dietas absurdas, três cirurgias plásticas, diversos procedimentos estéticos e um vício por remédios para emagrecer. Após ter o diagnóstico de transtorno alimentar confirmado, a jornalista escreveu a obra, a fim de compartilhar sua história e ajudar pessoas que passem pelo mesmo problema. Com a ajuda de nutricionistas, psicólogos e psiquiatras, a jornalista discute o perigo das redes sociais, dos transtornos e um padrão de beleza inalcançável. 

Life: Keith Richards

Capa: Divulgação

O livro pode ser considerado uma das autobiografias mais polêmicas de todos os tempos. Isso porque Keith Richards revela segredos surpreendentes sobre sua história, incluindo as partes sem nenhum glamour ou dinheiro, como suas diversas prisões, o vício em álcool e heroína, além de detalhes de sua trajetória no Rolling Stones. Da paixão por Patti Hansen a seu relacionamento com Mick Jagger, o leitor acompanha Richards em suas aventuras e viagens ao longo da vida.

Eu Sou Malala

Capa: Divulgação

Malala Yousafzai reagiu quando o Talibã tomou controle do vale do Swat, defendendo seu direito à educação. Porém, em 9 de outubro de 2012, a jovem quase pagou com a vida por essa decisão. Malala foi atingida na cabeça por um tiro à queima-roupa dentro do ônibus no qual voltava da escola. Sua recuperação impressionante a levou em uma viagem extraordinária de um vale remoto no norte do Paquistão para as salas das Nações Unidas em Nova York. Aos dezesseis anos, ela se tornou um símbolo global de protesto pacífico e a candidata mais jovem da história a receber o Prêmio Nobel da Paz. A obra é uma lição de luta pelo direito à educação feminina e dos obstáculos à valorização da mulher em uma sociedade que valoriza filhos homens.

Gostou da lista? Boa leitura!
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário