Jandir Ferrari na peça LEREIAS, Cidade das Artes - Acesso Cultural - Arte, Cultura Pop e Entretenimento
News
Loading...

Jandir Ferrari na peça LEREIAS, Cidade das Artes

"Pedaço de Cumbersa", "Força Escondida", "Na Folha-Larga" e "Do Pala Aberto" são os quatro contos de Valdomiro Silveira que o ator Jandir Ferrari leva à cena.

Por Andréia Bueno

Volta à cena, depois turnês pelo interior de São Paulo e uma curta temporada no Rio, o espetáculo "Leréias", com o ator Jandir Ferrari e direção de Caio de Andrade. A peça reúne quatro contos do livro homônimo de Valdomiro Silveira (1873-1941), lançado postumamente, quatro anos após a sua morte. Em cena, Jandir está acompanhado pelo instrumentista, compositor e diretor musical Antônio Porto e suas músicas originalmente compostas para este espetáculo. Tudo emoldurado pela luz de Adriana Ortiz (vencedora do Prêmio APTR 2018 por "Monólogo Público", com Michel Melamed, e indicada aos Prêmios Cesgranrio e Reverência por "Romeu e Julieta ao som de Marisa Monte", em parceria com Monique Gardenberg).

Foto: Beatriz Villela

"Pedaço de Cumbersa", "Força Escondida", "Na Folha-Larga" e "Do Pala Aberto" são os quatro contos do livro "Leréias – Histórias Contadas por Eles Mesmos", editado em 1945. A genialidade de Valdomiro Silveira se revela através de histórias aparentemente confinadas ao universo regionalista, mas que resultam numa literatura cosmopolita, contemporânea e repleta de elementos inusitados.

Sendo Valdomiro um exímio estudioso da prosódia paulista, os seus contos têm uma linguagem própria, um modo particular de narrar as histórias, um formato inusitado de colocar à mostra as angústias, esperanças e alegrias do homem interiorano.

"Oferecer ao público um momento de encontro com a obra Valdomiriana, onde o ator, balizado por quatro personagens do escritor, recria uma atmosfera intimista, interiorana, para contar histórias extremamente fortes e surpreendentes. Antônio Porto também está em cena, ao lado de Jandir, pontuando de forma integrada as inéditas composições que criou especialmente para a peça, e que são tocadas ao vivo, pelos inúmeros instrumentos que o músico domina.", conta o diretor Caio de Andrade.

Foto: Beatriz Villela

O espetáculo gira em torno de um caboclo voltando para o seu vilarejo após anos na cidade grande; uma jovem que abandonou a vida na roça depois de ter sido molestada às vésperas do casamento (e acabou se prostituindo na capital); um homem que, por razões inexplicáveis, acaba matando sua companheira de muitos anos; e um fanfarrão às voltas com suas aventuras amorosas compõem parte do surpreendente e divertido mundo de Valdomiro Silveira.


Serviço

LOCAL: Cidade das Artes – Sala Eletroacústico

Av. das Américas, 5300 - Barra da Tijuca / RJ (estacionamento no local) Tel: (21) 3328-5300

HORÁRIOS: sab às 20h e dom às 19h 

INGRESSOS: R$30 e R$15 (meia) 

HORÁRIO FUNCIONAMENTO DA BILHETERIA: diariamente a partir das 14h 

VENDAS POR INTERNET: www.ingressorapido.com.br 

CAPACIDADE: 60 espectadores 

DURAÇÃO: 70 min 

CLASSIFICAÇÃO INDICATIVA: 13 anos

TEMPORADA: dias 24 e 25 nov e 1 e 2 dez
Share on Google Plus

0 comentários :

Postar um comentário